Power Pixel Fórum - O melhor conteúdo você encontra aqui!
Redes Sociais:

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

MAFIA 3 E AS NOVAS FACES DO CRIME ORGANIZADO

Mensagem - Página 1 de 1

Membro Ouro


O crime organizado sempre teve seus próprios clichês. Os caras espertos com o cabelo brilhante puxado para trás, sapatos de bico e ternos costurados à medida. Esta visão romantizada tem sido um território fértil para os títulos da franquia Mafia, mas isso está prestes a mudar com Mafia 3. Conforme prometido, o game foi oficialmente revelado durante a Gamescom 2015. Confira ao trailer acima.

Ambientado no ano de 1968, a nova entrada na franquia acompanha um novo protagonista, Lincoln Clay. O fato do personagem ser pardo é algo que influencia muito a história de Mafia 3, uma vez que o jogo se passa em uma Nova Orleans onde o racismo violento faz parte da rotina. Clay passou por maus bocados, já que cresceu como um órfão e em busca de uma família -- que, na verdade, ele acaba encontrando durante a Guerra do Vietnã. Basta dizer que ele viu algumas coisas pesadas.

Gamescom 2015: Mafia 3 Exposes The Dirty New Face of Organized Crime
Lincoln Clay não é o homem mais equilibrado, mas é difícil culpá-lo. Depois de voltar para casa após a guerra e de encontrar uma nova família no grupo de negros (“Black mob”), ele perde mais uma vez o controle das coisas quando os italianos atacam o grupo, matando praticamente todos seus companheiros e atingindo Clay com um tiro na cabeça, deixando-o de cara com a morte. Então, o protagonista pega todos os ingredientes de um anti-herói e decide resolver o assunto com seus rivais, liberando um lado brutal recheado de vingança que destrói o lado italiano e cria um vazio de poder no crime organizado da cidade. Um espaço que Clay está mais do que disposto a preencher.

Mas claro, existem muitos outros grupos em busca de poder em Nova Orleans. Apesar de toda a violência, Clay tem uma natural aptidão de atrair e gerar consensos entre as pessoas. No controle dele, o jogador poderá negociar com uma porção de líderes de gangues e criar um império do crime. Cassandra e os seus haitianos, Burke e os seus irlandeses e o protagonista de Mafia 2, Vito Scaletta, que empresta a sua fação de italianos. Estes três chefões garantem habilidades especiais e vantagens caso você demonstre fidelidade -- caso contrário, serão frios, traiçoeiros.


Toda a premissa é crua e sensível, como um nervo exposto. Nova Orleans no final dos anos 60 é uma bomba relógio formada por desigualdades, fanáticos e racistas -- e no mundo do crime organizado, isto é amplificado para proporções chocantes. Ao mesmo tempo, é também um período entusiasmante de mudança, em que novas estradas conectam diferentes lugares do país. Há uma nova energia na franquia Mafia, com potencial suficiente para tirar o manto do crime organizado à la Goodfellas e trazer algo totalmente novo.

2 teste em Qui 13 Ago 2015 - 12:15

Convidado

Convidado
Se o 2 ja é perfeito, imagine só o 3...

3 teste em Qui 13 Ago 2015 - 12:21

Membro Ouro

concordo mano , vai ser o pika das galaxias

Mensagem - Página 1 de 1

Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum